|
|
|
|
Blog
O PROFISSIONAL DOCENTE NO ENSINO SUPERIOR: os pilares epistemológico e profissional
Postado em 09-12-2019
 
Textos de opinião
Encontre aqui todos os Textos de Opinião disponíveis no site.
 
Notícias
Melhores cursos para começar uma carreira profissional - www.revistagestaouniversitaria.com.br
Para começar a investir em sua carreira, o profissional deve primeiro ter em mente que quanto mais rápido ele decidir a área na qual deseja atuar, se baseando é claro no seu objetivo de vida e mercado de trabalho, mais fácil será para começar a trilhar o caminho de uma carreira de sucesso. Deste modo, o ideal é saber exatamente qual carreira deseja seguir, aonde deseja chegar, determinando inclusive o nível hierárquico que deseja alcançar, pois sem essa base é improvável conseguir ter uma carreira de sucesso, afinal de contas ter uma carreira é diferente de ter uma profissão, já que as pessoas podem ter a mesma profissão, mas não a mesma carreira. A escolha de um curso complementar, deve ser pautada por essa importante decisão, pois todas as suas ações para conquistar o seu objetivo de carreira depende dela, isso porque só se pode ir para algum lugar se você souber aonde deseja ir. Mas, como essa é uma decisão um tanto quanto complicada, neste texto você vai encontrar algumas soluções para ajudá-lo. Como escolher um curso complementar que agregue valor a sua carreira, Traçar a sua jornada profissional parece um pouco assustador, entretanto, pode ser vital para que não se torne apenas um profissional que segue as profissões que aparecem e acabam não construído uma carreira pautada por seus desejos e anseios profissionais e pessoais. Ou seja, ao determinar o profissional que deseja se tornar, você também organiza uma estrutura estratégica dos cursos complementares, profissionalizantes ou livres, como também são chamados, indispensáveis para exercer e ser um verdadeiro especialista na sua área para ter uma carreira de sucesso. Saber os cursos complementares ideais para evoluir na carreira é tão importante quanto saber a área com qual você mais se identifica, pois ambas informações auxiliam seu crescimento profissional. Então, o mais recomendado pela maioria dos especialistas do mercado, para alcançar o sucesso, é investir primeiro em treinamentos rápidos e abrangentes, utilizando até mesmo cursos gratuitos no início. Pois tais cursos podem ser capazes de ajudá-lo a progredir na carreira para alcançar melhores posições na empresa que trabalha ou deseja trabalhar. Além disso, hoje existem muitas opções de cursos, em modalidade presencial ou a distância, que vão agregar valor tanto ao seu currículo quanto a sua ambição de carreira. 5 cursos para alavancar sua carreira; Segue uma lista com alguns cursos abrangentes para profissionais que desejam conquistar carreiras diferentes, independente da área de interesse, por meio de conhecimentos específicos que visam auxiliá-lo ou até mesmo atualizá-lo para atuar como um verdadeiro especialista: 1 - Marketing Pessoal; Um curso de Marketing Pessoal é indispensável para qualquer profissional que busca uma carreira de sucesso, pois o mesmo visa aperfeiçoar conhecimentos existentes e auxilia no desenvolvimento de habilidades diversas que prezam pelo aprimoramento da sua imagem para que o profissional saiba se apresentar de maneira adequada e para que gere interesse. Ou seja, o curso de Marketing Pessoal tem o objetivo de ensinar aos alunos a aprenderem a arte da autopromoção, para conseguirem se valorizar ao apresentarem suas qualidades, habilidades e competências através de técnicas para melhorar a imagem. Saiba mais sobre marketing pessoal; 2 – Idiomas, um curso de Idiomas tem o objetivo de ensinar aos alunos a terem o domínio de uma outra língua, independentemente do idioma escolhido, para que os mesmos possam desenvolver a linguagem, a argumentação e as técnicas para exposição de ideias. Além é claro de adquirir as habilidades de conversação e de vocabulário. Este tipo de curso aumenta as chances de os profissionais expandirem os seus conhecimentos acadêmicos e ainda é muito válido para a vida de maneira geral, afinal de contas não é apenas o seu currículo que ganha com esse aprendizado. Se você tem um perfil mais tecnológico existe no mercado alguns bons aplicativos de aprendizado do inglês que pode te ajudar no processo; 3 – Informática, Um curso de Informática é indispensável no mercado atual, uma vez o conhecimentos aprendidos neste curso possibilita a exploração máxima de ferramentas e recursos tecnológicos que auxiliam trabalhos administrativos. Ou seja, esse curso permite que existam profissionais capacitados para trabalharem em várias áreas. O objetivo do curso de Informática é exatamente desenvolver profissionais capacitados tecnologicamente nos principais sistemas operacionais utilizados no mercado de trabalho para que possam atuar em diferentes áreas; - Leia Mais

Veja outras matérias

 
O que há de interessante?
Bolsas de estudos e chance em Portugal: saiba o que é possível fazer com a nota do Enem
Após participar do exame, o candidato pode usar o desempenho nas provas para cursar o ensino superior no Brasil e no exterior. Ingressar no ensino superior está mais perto para quem fez o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Com a nota alcançada no maior exame de acesso ao ensino superior do país, o estudante pode entrar em uma universidade pública, participar de programas de bolsas e financiamento estudantil em instituições privadas e até ir estudar em Portugal. Os resultados individuais no exame podem ser usados nos processos seletivos de 47 instituições de ensino superior portuguesas, que definem as regras e os pesos das notas, no chamado Enem Portugal. Foi com essa iniciativa que Júlia Guimarães passou a ser uma das estudantes de Engenharia Química na Universidade de Coimbra. “Quando soube do ingresso em universidades portuguesas pelo Enem, eu fiquei encantada e fui atrás de mais informações”, afirma a estudante de 21 anos. No 5º semestre do curso, Júlia destaca que a experiência é muito enriquecedora. “Além de ter um currículo reconhecido, há muitos eventos, palestras e programas que a universidade proporciona em várias áreas. Também há facilidades para buscar estágio”, acrescenta. Os convênios são firmados pelo Instituto de Pesquisas e Estudos Anísio Teixeira (Inep), vinculado ao Ministério da Educação (MEC). “Toda a oportunidade que a gente possa dar ao estudante brasileiro, dele se abrir para o mundo, buscar conhecimentos novos, é enriquecedora, e este é um trabalho muito importante para o Inep”, afirma o presidente do Inep, Alexandre Lopes. Vale lembrar aos interessados que a revalidação de diplomas e o exercício profissional no Brasil dos estudantes formados em Portugal estão sujeitos à legislação brasileira. As instituições de Portugal são responsáveis por comunicar as regras aos candidatos. Saiba quais são os programas em que o estudante pode usar a nota do Enem: Sistema de Seleção Unificada (Sisu) - O estudante que participou do Enem de 2019 e quer estudar em uma universidade federal pode realizar a inscrição no Sisu no primeiro semestre de 2020. Para concorrer a uma vaga pelo programa, é preciso ter obtido uma nota acima de zero na redação. Ao efetuar a inscrição, o candidato deve escolher até duas opções de cursos ofertados pelas instituições participantes. Ao final, o sistema seleciona os mais bem classificados em cada curso, de acordo com as notas no Enem e eventuais ponderações, como pesos atribuídos às notas ou bônus. Caso o desempenho do candidato permita o ingresso nos dois cursos, prevalecerá a primeira opção, com apenas uma chamada para matrícula; Programa Universidade Para Todos (ProUni) - O estudante que estiver de olho em instituições privadas de ensino superior pode concorrer a bolsas integrais (100%) e parciais (50%) por meio do ProUni. Para se inscrever na iniciativa, o estudante que participou de alguma edição do Enem desde 2010 deve ter obtido média de ao menos 450 pontos e não terzerado a redação. Para bolsas parciais, a renda familiar bruta mensal do candidato deverá ser de até três salários mínimos por pessoa. Já o benefício integral, exige que o ganho seja de até um salário mínimo e meio por pessoa. As bolsas são dadas em cima dos valores cobrados na mensalidade de instituições de ensino privadas. O Enem também pode ajudar os estudantes a realizar o sonho de estudar no exterior; Ingresso direto - Para realizar o ingresso direto em uma faculdade particular, o estudante não precisa realizar provas nem pagar taxas, apenas se inscrever no site ou diretamente na instituição de interesse e aguardar o resultado da seleção. Para participar, é necessário que o estudante tenha feito alguma edição do Enem desde 2010 sem zerar nenhuma das provas. A estudante do 2º semestre de psicologia, Amanda Alves, 24 anos, disse que esse era um dos focos de seus estudos e que o processo é muito simples. “Encaminhei a minha nota para a instituição e já tive resposta na hora. Consegui uma bolsa de 30% em razão do meu desempenho. O desconto é muito importante para me manter no curso”, afirma; Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) - Com a nota do Enem, o candidato também pode concorrer a uma vaga pelo Fies. O programa está dividido em duas modalidades: juros zero a quem mais precisa (renda familiar de até três salários mínimos por pessoa) e escala de financiamento que varia conforme a renda familiar do candidato. Para participar, as regras são as mesmas do ProUni: o candidato que participou de qualquer edição do Enem desde 2010 precisa ter desempenho de pelo menos 450 pontos média nas provas e não zerar a redação. A outra modalidade, o Programa de Financiamento Estudantil (P-Fies), é para alunos com renda per capita mensal familiar de até cinco salários mínimos. Nesse caso, o programa funciona com recursos dos Fundos Constitucionais e de bancos privados participantes. Fontes: Dyelle Menezes e Guilherme Pera, do Portal MEC - 27.11.2019 e Revista Gestão Universitária. - Leia Mais

Veja outras matérias