|
|
|
|
Blog
CONTROLE INTERNO SOB A ÓTICA DA COMUNICAÇÃO DE DEFICIÊNCIA AOS RESPONSÁVEIS PELA GOVERNANÇA EMPRESAR
Postado em 19-01-2021
 
Textos de opinião
Encontre aqui todos os Textos de Opinião disponíveis no site.
 
Notícias
Inscrições para o Encceja 2020 vão até sexta (22)
Pessoas que não justificaram a ausência na edição de 2019 ou tiveram a justificativa reprovada deverão pagar uma taxa de R$ 40 para confirmar a inscrição. Para os demais interessados o exame é gratuito As inscrições para o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) 2020 devem ser realizadas até esta sexta-feira, 22 de janeiro, pelo sistema do exame. A participação é voluntária, gratuita (para quem não faltou na última edição) e destinada a jovens e adultos que não concluíram os estudos na idade apropriada, desde que tenham, no mínimo, 15 anos completos para o ensino fundamental e 18 anos completos no caso do ensino médio. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) aplicará o Encceja 2020, no dia 25 de abril, em todos os estados e no Distrito Federal. Entre 14 e 20 de dezembro de 2020, os interessados no exame deste ano puderam justificar as ausências na edição de 2019. A justificativa era obrigatória para os participantes que não fizeram o exame em todas as áreas do conhecimento nas quais se inscreveram e que desejam fazer o Encceja 2020. Pessoas que não justificaram a ausência ou tiveram a justificativa reprovada deverão pagar uma taxa de R$ 40 até o dia 27 de janeiro. A cobrança será gerada pelo sistema ao final da inscrição. O boleto pode ser pago em qualquer banco, casa lotérica ou agência dos Correios. Nestes casos, a inscrição no Encceja 2020 será confirmada somente após o pagamento da taxa. Quem cumpriu com os requisitos exigidos no edital e teve a justificativa aprovada não precisa pagar. Login único – Após realizar a inscrição, para acessar a Página do Participante, o inscrito deve, obrigatoriamente, cadastrar-se no portal do Governo Federal, no endereço eletrônico acesso.gov.br. O login e a senha únicos são necessários para acompanhar a situação da inscrição. O cadastro no portal gov.br garante maior segurança e transparência nos acessos aos sistemas. O procedimento faz parte da unificação de todos os serviços digitais dos órgãos públicos, alinhado ao Plano de Transformação Digital do Governo Federal. Com isso, é necessário se cadastrar somente uma vez para ter acesso liberado a todos os serviços. Encceja – O exame é realizado pelo Inep, desde 2002, em colaboração com as secretarias estaduais e municipais de Educação. A emissão do certificado e da declaração de proficiência é responsabilidade das secretarias de Educação e dos institutos federais de Educação, Ciência e Tecnologia que firmam termo de adesão ao Encceja. Acesse o Sistema Encceja (http://enccejanacional.inep.gov.br/encceja/#!/inicial) Confira o Edital do Encceja 2020 Saiba mais sobre o Encceja Fontes: Inep e Revista Gestão Universitária - Leia Mais

Veja outras matérias

 
O que há de interessante?
O prazo de adesão ao Tempo de Aprender foi reaberto para as secretarias de educação que queiram part
Os gestores das redes de educação que tiverem interesse em realizar a inscrição no programa Tempo de Aprender podem acessar a página (http:alfabetizacao.mec.gov.br/secretario-de-educacao-clique-aqui-para-realizar-a-adesao) até o dia 31 de janeiro, e preencher o formulário de adesão ao programa (http://formulario2.mec.gov.br/formulario-secretaria-alfabetizacao). Trata-se de uma Política de Estado voltada à alfabetização baseada em evidências científicas e legado de uma gestão direcionada a resultados que impactam diretamente a vida das crianças e o pleno exercício da cidadania. Instituído em 2020, o Programa, do Ministério da Educação (MEC), tem despertado o interesse de milhares de secretarias de educação desde que foi lançado. Até o momento, 4.437 secretarias municipais, estaduais e a distrital aderiram ao programa, o que corresponde a 79,66% do total (o Brasil tem 5.570 municípios, 26 estados e o Distrito Federal – uma soma que resulta em 5.597 secretarias). “O Tempo de Aprender tem como objetivo enfrentar as deficiências da alfabetização no Brasil e conta com ações estruturadas em quatro eixos: I - formação continuada de profissionais da alfabetização; II - apoio pedagógico para a alfabetização; III - aprimoramento das avaliações da alfabetização; e IV – a valorização dos profissionais da alfabetização”, explica o secretário de alfabetização do MEC, Carlos Nadalim. Já são 20 secretarias entre as estaduais e a distrital que aderiram ao programa, são elas: Acre (AC); Amapá (AP); Distrito Federal (DF); Espírito Santo (ES); Goiás (GO); Mato Grosso (MT); Mato Grosso do Sul (MS); Minas Gerais (MG); Pará (PA); Paraná (PR); Pernambuco (PE); Piauí (PI); Rio de Janeiro (RJ); Rio Grande do Sul (RS); Rondônia (RO); Roraima (RR); Santa Catarina (SC); São Paulo (SP); Sergipe (SE); e Tocantins (TO).Entre as secretarias municipais, 23 são das seguintes capitais: Aracaju, Belo Horizonte, Boa Vista, Campo Grande, Cuiabá, Florianópolis, Goiânia, João Pessoa, Macapá, Maceió, Manaus, Natal, Palmas, Porto Alegre, Porto Velho, Recife, Rio Branco, Rio de Janeiro, Salvador, São Luís, São Paulo, Teresina e Vitória. Fontes: MEC e Revista Gestão Universitária - Leia Mais

Veja outras matérias